Última hora

Última hora

Boston: novos suspeitos reclamam inocência

Em leitura:

Boston: novos suspeitos reclamam inocência

Tamanho do texto Aa Aa

Os jovens acusados de obstrução à justiça nos atentados de Boston dizem estar inocentes.

Esta é pelo menos a tese da defesa dos dois estudantes universitários naturais do Cazaquistão.

Os jovens de 19 anos de idade são acusados de terem feito desaparecer a mochila e o computador de Djokar Tsarnaev, no dia em que a polícia divulgou a fotografia do suspeito.

“Dias Kadyrbayev nega as acusações. Tal como dissemos, desde o início, ele ajudou o FBI nas investigações e está, tal como todos nós, chocado com o que aconteceu em Boston” afirma o advogado, Robert Stahl.

“O meu cliente ficou chocado por saber que uma pessoa que conheceu na universidade de Massachusetts estava envolvida nas explosões que ocorreram na maratona de Boston, à semelhança de muitas outras pessoas que foram interrogadas” refere o advogado de Azamat Tazhayakov

De acordo com a acusação os suspeitos admitiram ter escondido a mochila e o computador com intuito de ajudar o colega Tsarnaev. Os jovens terão contado com a ajuda de um norte-americano, entretanto, acusado de prestar falsas declarações.

As pistas fornecidas pelos suspeitos ajudaram a polícia a recuperá-la, dias mais tarde num aterro. No interior da mochila foram encontrados foguetes. Acerca do computador nada se sabe.