Última hora

Última hora

Rapaz norte-americano de 5 anos mata a tiro irmã de 2 anos

Em leitura:

Rapaz norte-americano de 5 anos mata a tiro irmã de 2 anos

Tamanho do texto Aa Aa

Um rapaz de cinco anos matou acidentalmente a tiro a irmã de dois anos, no Estado norte-americano do Kentucky, com uma arma que lhe tinha sido oferecida no ano passado.

O drama teve lugar em pleno debate sobre o porte de armas nos Estados Unidos, duas semanas depois do Congresso bloquear uma proposta da administração Obama para uma legislação mais restrita.

Segundo o médico legista do condado de Cumberland, o acidente aconteceu quando a mãe das duas crianças saiu momentaneamente de casa. Gary White diz que “toda a comunidade está devastada” e espera que se possa “aprender com a tragédia”, em termos de “segurança com armas”.

A arma de calibre 22 usada é produzida especialmente para crianças entre os 4 e os 10 anos pela Keystone Sporting Arms. Em 2008, a empresa fabricou 60 mil armas destinadas a menores, vendidas em cores chamativas e disponíveis nomeadamente na cadeia de supermercados “Wallmart”.

Joe Phelps, juiz do condado de Cumberland, afirma que “na América rural, a caça, a pesca e o tiro desportivo é simplesmente uma forma de vida. Começa-se bastante novo a aprender a usar e respeitar as armas”.

Em 2011, 851 pessoas morreram nos Estados Unidos em acidentes com armas de fogo. Outras 14675 foram feridas, mais de metade das quais menores de idade.