Última hora

Última hora

Estados Unidos: Taxa de desemprego cai para 7,5%

Em leitura:

Estados Unidos: Taxa de desemprego cai para 7,5%

Tamanho do texto Aa Aa

Surpresa no mercado laboral nos Estados Unidos. Em abril, foram criados 165 mil novos empregos. Os analistas esperavam uma subida, mas mais modesta.

Ao mesmo tempo, o Departamento do Trabalho reviu em alta os números de março e, sobretudo, os de fevereiro, que revelou ser o melhor mês desde maio de 2010.

De forma inesperada, a taxa de desemprego recuou em abril uma décima para os 7,5%. É o nível mais baixo desde dezembro de 2008. Em janeiro, a taxa estava nos 7,9%.

As contratações na indústria mantiveram-se estáveis, sinal da desaceleração registada no setor. Já na construção recuaram pela primeira vez num ano.

Mas a melhoria no mercado laboral da maior economia do mundo deve-se, sobretudo, ao facto de muitos norte-americanos terem desistido de procurar trabalho, já que taxa de emprego mantém-se em mínimos de três décadas e meia.

A economia norte-americana cresceu 2,5% no primeiro trimestre, mas a Reserva Federal reiterou esta semana a intenção de manter o programa de estímulos até que a taxa de desemprego baixe dos 6,5%. O impacto dos cortes na despesa e da subida dos impostos deverá começar a fazer-se sentir este trimestre.