Última hora

Última hora

Mariinsky II: o "golpe de teatro" de Vladimir Putin

Em leitura:

Mariinsky II: o "golpe de teatro" de Vladimir Putin

Tamanho do texto Aa Aa

Um projeto megalómano, à medida das ambições do presidente russo. Vladimir Putin participou, esta quinta-feira, na cerimónia de inauguração do novo teatro de São Petersburgo, o Mariinsky II, um dos auditórios culturais mais caros de sempre.

Mais de sete mil metros quadrados de área para um preço final que supera os 600 milhões de euros.

“Este é um grande acontecimento na vida cultural do nosso país, inauguramos a segunda cena deste famoso teatro que é adorado por milhões dos nossos cidadãos, o teatro Mariinsky. Parabéns a todos”, afirmou Putin durante a cerimónia de inauguração.

Mas o novo edifício está longe de ser tão consensual quanto o teatro original, datado de finais do século XIX, que é um monumento emblemático de São Petersburgo.

Alguns habitantes não hesitam já em apelidá-lo de centro comercial Mariinsky, criticando a arquitetura do edifício que obrigou à demolição de todo um quarteirão antigo no centro da cidade.

O enviado especial da euronews fala de “uma jóia da arquitetura contemporânea onde o diretor artístico do teatro, Valery Gergiev, afirma ter concretizado o sonho de criar um dos centros culturais e musicais mais dinâmicos e vibrantes do mundo inteiro”.