Última hora

Última hora

Israel volta a atacar alvos militares na Síria

Em leitura:

Israel volta a atacar alvos militares na Síria

Tamanho do texto Aa Aa

Foi o segundo raide aéreo de Israel na Síria em 48 horas. Um alto funcionário isarelita, que pediu o anonimato, confirmou que Telaviv levou a cabo o ataque durante a madrugada de domingo… perto do aeroporto sírio de Damasco, contra um carregamento de armas iranianas destinadas ao Hezbollah libanês, aliado do regime sírio.

O ministro da Informação da Síria condenou mais este raide e garantiu que o ataque abre portas para todos os cenários e o mais provável é o agravamento e alargamento do conflito.

O Egito e a Liga Árabe já condenaram fortemente, a ação de Israel. A Liga Árabe, que atribuiu à resistência síria, o assento de Damasco, apelou ao Conselho de Segurança da ONU para que age no sentido de pôr fim aos raides de Israel, que constituem uma agressâo flagrante e uma violação perigosa da sovberânia de um Estado árabe.

O Egito, que tentou desempenhar um papel de mediador no conflito sírio, considera que a ação de Israel não ajuda a estabilizar a região.

Este foi o terceiro ataque de Israel contra alvos sírios desde o início deste ano. O primeiro ocorreu em Janeiro, o segundo foi levado acabo na noite de sexta-feira para sábado e o alvo foi um carregamento de armas para o Líbano.