Última hora

Última hora

França: protesto contra austeridade na véspera do primeiro aniversário da presidência de Hollande

Em leitura:

França: protesto contra austeridade na véspera do primeiro aniversário da presidência de Hollande

Tamanho do texto Aa Aa

A extrema-esquerda francesa conseguiu mobilizar em Paris dezenas de milhares de manifestantes em protesto contra a austeridade e as políticas do presidente François Hollande, que celebra esta segunda-feira um ano no poder.

Convocado pelo emblemático líder da Frente de Esquerda, Jean-Luc Mélenchon, o protesto contou com a participação de comunistas, ecologistas e a maioria dos sindicatos franceses.

O ex-candidato presidencial frisou que o povo “não mudou de ideias, um ano depois” e continua “a dizer claramente que não quer as finanças no poder, nem aceita as políticas de austeridade que trazem um sofrimento interminável para a população francesas, como para tantas outras na Europa”.

Mélenchon acusou ainda a troika de credores internacionais e a Comissão Europeia de conduzirem, com o mundo das finanças, uma “conspiração infame” contra o povo grego, português e espanhol.

Uma participante na manifestação afirma que “ultimamente, vários economistas têm dito claramente que esta política de austeridade nos está a conduzir contra a parede, pois as populações estão cada vez mais pobres”.

Cento e oitenta mil manifestantes segundo os organizadores, trinta mil segundo as autoridades; disparidade de números à parte, certo é que, um ano depois de chegar ao Eliseu, François Hollande está ao mais baixo nível de popularidade de sempre.