Última hora

Última hora

Rússia: Oposição manifesta-se me Moscovo

Em leitura:

Rússia: Oposição manifesta-se me Moscovo

Tamanho do texto Aa Aa

Milhares de manifestantes concentraram-se na praça Bolotnaya, no centro de Moscovo, pedindo ao Kremlin a libertação dos presos políticos e o fim da perseguição às atividades da oposição.

Este protesto também assinalou o primeiro ano da tomada de posse do presidente Vladimir Putin, num momento em que a oposição tenta retomar a iniciativa política após vários meses de inação.

A polícia referiu que 7.000 pessoas estiveram presentes na concentração de hoje.

“A atmosfera não é a melhor mas mesmo assim as pessoas continuam a chegar para mostrar que existem milhares no país que não concordam com estas violações dos direitos humanos, as falsificações nas eleições, as falsas acusações criminosas contra os opositores. Estão aqui para mostrar que não desistirão até as autoridades respeitarem a constituição”, afirmou Vladimir Ryzhkov, político liberal.

“Não tenho expectativas precipitadas.
O ditado fala de “água mole em pedra dura…”.
Mais cedo ou mais tarde, algo vai acontecer por termos vindo aqui hoje”, disse um outro manifestante.

Os manifestantes também lembraram o primeiro aniversário do turbulento protesto anti-Kremlin de 6 de maio de 2012, véspera do regresso de Putin à presidência, e que degenerou em violência.