Última hora

Última hora

Senador norte-americano critica armas produzidas por impressoras 3D

Em leitura:

Senador norte-americano critica armas produzidas por impressoras 3D

Tamanho do texto Aa Aa

As declarações do senador Charles Schumer surgem na sequência do anúncio de uma arma produzida por uma impressora 3D.

A arma, batizada de “Liberator”, foi produzida por uma empresa do Texas sem fins lucrativos.

Na semana passada, a empresa anunciou que havia disparado balas de uma arma produzida com esta tecnologia. Em causa está uma peça utilizada em armas semiautomáticas e que permite disparar centenas de munições.

“Atravessámos o limiar. Agora chegámos à realidade de ter um sistema de armas que pode ser impresso em qualquer lugar. Onde quer que haja um computador, há uma arma”, afirmou o fundador da empresa, Cody Wilson num vídeo colocado no ‘site’.

A reação às palavras do fundador da empresa não se fez esperar. O senador democrata adianta que vai introduzir propostas de legislação contra este tipo de armas.

“Enfrentamos uma situação na qual qualquer pessoa, um bandido, um terrorista, pode abrir uma fábrica de armas na garagem e as armas que produzir serão indetetáveis. Dá a volta ao estômago”, disse o senador Schumer.

O senador norte-americano tem sido uma das principais forças por detrás da reforma das leis de propriedade de armas que o Congresso chumbou há várias semanas.

A empresa anunciou que iria disponibilizar as instruções gratuitamente através das suas páginas na internet.