Última hora

Última hora

UE reforça controlo na indústria agro-alimentar

Em leitura:

UE reforça controlo na indústria agro-alimentar

Tamanho do texto Aa Aa

Para evitar fraudes e proteger o consumidor, Bruxelas quer reforçar as normas de segurança na indústria agro-alimentar. Um revisão legislativa que se segue à crise do uso de carne de cavalo em vez de carne de vaca, em produtos congelados, há alguns meses.

O comissário europeu para a Saúde e Consumo, Tonio Borg, anunciou, esta segunda-feira, que “na nova legislação propomos que os controlos de qualidade pelas entidades oficiais ocorram sem serem anunciados previamente, de modo a fortalecer as nossas ferramentas para combater a fraude.”

Anteriormente, a Comissão Europeia fazia apenas recomendações, mas agora pode obrigar a estes controlos em caso de suspeitas graves.

Bruxelas quer também que os estados-membros aumentem o valor das multas.

A indústria agro-alimentar europeia tem um volume de negócios de 750 mil milhões de euros por ano e dá emprego a 50 milhões de pessoas.