Última hora

Última hora

Vacina pentavalente na Somália

Em leitura:

Vacina pentavalente na Somália

Tamanho do texto Aa Aa

Abdul Wahab tem apenas seis meses, então não se apercebe que fez história. É uma das primeiras crianças na Somália a receber a vacina pentavalente, que o protege contra cinco doenças mortais. A mãe levou-o a uma clínica em Mogadíscio, e a aplicação demora apenas alguns minutos.

Amina Haden: “Trouxe aqui o meu filho para ser vacinado. Foi-me dito que previne doenças. No passado, quatro dos meus filhos mais velhos contraíram sarampo porque não foram vacinados, mas hoje trouxe o meu filho mais novo, para impedir que fique doente.”

A vacina, amplamente utilizada em todo o mundo, foi lançada na Somália no final de abril. As taxas de vacinação são muito baixas, já que o sistema de saúde foi praticamente destruído depois de décadas de guerra.

Marthe Everard: “O lançamento da vacina pentavalente é muito importante para as crianças da Somália, porque introduz dois novos antigenes, especialmente para a meningite e para a hepatite B.”

A nova vacina cinco em um protege contra a Hepatite B, difteria, tosse convulsa, tétano e a gripe, que pode causar meningite. O que deve significar que as crianças na Somália têm a oportunidade de viver mais tempo.

Anne Cronin: “171 mil crianças, menores de cinco anos, morreram na Somália no ano passado, claramente, queremos causar impacto na redução desse número em 2014.”

Foram fornecidas mais de um milhão de doses da vacina, destinadas a crianças menores de um ano. Cada criança vai exigir três doses antes do primeiro aniversário.