Última hora

Última hora

O pedido de socorro da Amanda Berry

Em leitura:

O pedido de socorro da Amanda Berry

Tamanho do texto Aa Aa

Eis um excerto do telefonema de Amanda Berry para os serviços de emergência norte-americanos:

Amanda Berry – Ajudem-me! Sou Amanda Berry!

Serviços de urgência – Necessita da polícia, bombeiros ou ambulância?

A.B. – Polícia!

S.u. – O que aconteceu?

A.B. – Fui raptada, estive desaparecida durante 10 anos e agora estou livre!

Foi Charles Ramsey, quem ouviu os pedidos de socorro de Amanda:

“Eu vi uma rapariga desesperada para sair da casa. Aproximei-me da porta e ele disse-me para a ajudar a sair, pois estava ali retida há muito tempo. Pensei tratar-se de uma zanga doméstica e tentei entrar, mas a porta não me permitia. Só pude passar uma mão. Arrombei a parte inferior da porta. Ela saiu com uma criança e pediu para chamar o serviço de urgência”, disse Ramsey.