Última hora

Última hora

Calar a poluição sonora

Em leitura:

Calar a poluição sonora

Tamanho do texto Aa Aa

A poluição sonora é um dos males da vida moderna. A exposição crónica a altos níveis de ruído não afeta apenas a audição, mas também os níveis de stress, de produtividade e até mesmo a saúde física e mental.

Mas uma empresa israelita, a Silentium, diz possuir uma tecnologia que pode reduzir ativamente a poluição sonora. O princípio de eliminar ondas de ruído com outras ondas na direção oposta não é novo, mas afirmam ter melhorado significativamente a tecnologia.

Yossi Barath, CEO da Silentium Ltd: “Existe um fenómeno físico chamado interferência destrutiva. Significa que quando as ondas estão a viajar no espaço, se as atingirmos com ondas semelhantes com o mesmo volume, a mesma frequência, mas desviadas 180 graus, vão interferir umas com os outras e anular-se.”

Dizem poder alcançar uma redução completa do espetro de ruído até 10 decibéis. Um chip de redução de ruído também já foi incorporado nalguns exaustores de cozinha.

São atingidos os mesmos níveis de redução quando se utiliza um aspirador industrial e um sistema de ventilação. A tecnologia capta o ruído ambiente criando uma zona tranquila. Até mesmo grandes servidores podem vir a fazer pouco ruído no futuro. E, a ser colocados em qualquer sítio e não escondidos numa sala fechada.