Última hora

Última hora

Colisão entre navio e torre de controlo no porto de Génova faz três mortos

Em leitura:

Colisão entre navio e torre de controlo no porto de Génova faz três mortos

Tamanho do texto Aa Aa

Um navio de carga colidiu com uma torre de controlo do porto de Génova, no noroeste de Itália, fazendo três mortos e quatro feridos. Pelo menos outras seis pessoas, que se encontravam na torre no momento da colisão, estão dadas como desaparecidas.

Na origem do acidente, que teve lugar pouco antes da meia-noite, poderá ter estado um erro durante uma manobra do “Jolly Nero”, um cargueiro de 40 toneladas carregado de contentores, que estava a ser puxado por vários rebocadores. O choque violento destruiu um edifício adjacente e a quase totalidade da torre de 50 metros que controlava os movimentos das embarcações num dos maiores portos de Itália.

As autoridades locais – que preferiram não avançar qualquer hipótese para a causa do acidente – anunciaram a abertura imediata de um inquérito e o capitão do navio já terá sido interrogado.

Para obter mais detalhes, a euronews falou por telefone com Marco Fantasia, correspondente da televisão italiana RAI em Génova:

“A torre caiu imediatamente e quase completamente no mar. Na torre estava uma dezena de pessoas, algumas das quais ficaram aparentemente bloqueadas num elevador. Da torre apenas resta uma escada exterior de segurança, que ficou inclinada a 45 graus. Ainda é demasiado cedo para fazer suposições, mas a tese principal faz referência a um problema técnico com um dos motores usados pelo navio para manobrar. É uma grande embarcação, que transporta contentores, e era pilotada pelo pessoal do porto de Génova, que se encontrava a bordo para manobrar o navio. São pessoas bastante experientes e, por isso, é difícil falar em erro humano”.