Última hora

Última hora

Desemprego juvenil em alta

Em leitura:

Desemprego juvenil em alta

Tamanho do texto Aa Aa

Quem o diz é a Organização Internacional do Trabalho, OIT, que no relatório mais recente dá conta de uma nova subida na taxa de desemprego entre os jovens.

Segundo a organização os jovens têm uma probabilidade três vezes mais elevada do que os adultos de estarem desempregados.

A Organização Internacional do Trabalho afirma que a taxa global de desemprego juvenil em 2013 se situa nos 12,6%.

Na União Europeia e países desenvolvidos, o desemprego entre os jovens atinge os 17,9%, uma taxa que se agrava na zona euro alcançando os 24%.

O relatório da OIT identifica ainda tendências fortes no mercado de trabalho. Entre estas destaca-se a inadequação das competências perante as posições ocupadas, isto é, muitos jovens ocupam posições para as quais se encontram sobrequalificados.

Segundo a OIT, esta inadequação afeta negativamente a produtividade dificultando a adoção de soluções.

A nível global o documento defende que o desemprego vai continuar em ascensão atingindo 12,8% em 2018.

No espaço europeu, os dados sugerem que o pior já passou. As previsões apontam para a queda moderada do desemprego juvenil que se prevê atinja 15,9% até 2018.