Última hora

Última hora

Festival Nuits Sonores eletriza Lyon

Em leitura:

Festival Nuits Sonores eletriza Lyon

Tamanho do texto Aa Aa

O Festival Nuits Sonores de Lyon, em França é o evento ideal para os fãs da techno, passando pela indie até à música eletrónica. Durante os seis dias do festival são esperados mais de 80 mil visitantes. Em paralelo acontece o fórum denominado Laboratório Europeu, que promove o debate sobre os desafios culturais na Europa.

O ex-ministro dos negócios estrangeiros alemão Joska Fischer esteve na noite de abertura do festival: “Creio que a Europa tem de olhar para si própria, o que significa ver a diversidade, o lado horrível e negativo da diversidade é o nacionalismo, mas como princípio básico a diversidade é algo positivo e acredito que um festival como este pode trazer novas inspirações.”

euronews: “Boa noite, vai dançar mais logo?”

Joska Fischer: “Não, absolutamente!”

Dian, DJ: “Passei um bom bocado, diverti-me imenso na pista de dança e gostei muito da música electro e apercebi-me que é um dos meus interesses. Foi como uma revelação e eu sabia que ia voltar à música, mas à minha própria maneira.”

Kid A, cantora: “Creio que eles estão mais dispostos e mais aberto a novos sons aqui comparativamente com a América, onde o principal tabela do top 40 é mais importante, e toda a gente quer isso, o som da música é como a fast food, e quando venho aqui adoro a abertura que existe.”

P.I.L.A.R, DJ: “Eu realmente nunca vi nenhuma diferença entre homens e mulheres, todos temos de expressar e defender a nossa personalidade, sons e estilo.”

Vincent Carrey, diretor do Festival Nuits Sonores: “A diferença entre hoje e as raízes do techno é que agora é mais diversificada, a cultura eletrónica espalhou-se em todas as áreas de música, misturou-se com todos os tipos de estilos. Os artistas de hoje são cada vez mais inclassificáveis, os projetos são cada vez mais pessoais, individuais, o que significa uma diversidade fantástica para os organizadores do festival”.

Rag, DJ: “Creio que ainda há muitos DJs que só pensam em si mesmos, ouvem-se a si próprios, e tocam música para eles mesmos e talvez seja parte do problema para algumas pessoas. Para mim, creio que a chave para o sucesso é saber como ouvir as pessoas, ouvir a pista de dança e perceber o que as pessoas gostam neste momento”.

euronews: “O poder feminino pode estar no centro das atenções no Festival Nuits Sonores deste ano, mas independentemente de o DJ ser homem ou mulher o festival ainda é sobre dança e boa música.”