Última hora

Última hora

Cleveland: Ariel Castro compareceu em tribunal acusado de sequestro e violação

Em leitura:

Cleveland: Ariel Castro compareceu em tribunal acusado de sequestro e violação

Tamanho do texto Aa Aa

Ariel Castro, o homem de 52 anos, acusado de ter sequestrado e mantido em cativeiro, durante uma década, três mulheres, em Cleveland, nos Estados Unidos, apareceu esta quinta-feira, pela primeira vez em tribunal.

A justiça americana acusou-o de rapto e violação e impôs-lhe uma caução de oito milhões de dólares. Diante do juiz, Ariel manteve o silêncio.

A polícia deteve também os outros dois irmãos, Pedro e Onil, mas declarou que aparentemente eles não estão envolvidos nos crimes.

A polícia diz que recolheu mais de 200 provas sobre a vida das mulheres dentro da casa do arguído.

Amanda Berry conseguiu escapar na segunda-feira, pedindo ajuda a um vizinho.
Tanto ela, como a filha Jocelyn – nascida em cativeiro – já estão em casa da irmã. A primeira a juntar-se à família foi Gina DeJesus. Michelle Knight encontra-se ainda no hospital.

De acordo com a polícia, as três mulheres não se conheciam, nenhuma delas sabia que as outras estavam na mesma casa.