Última hora

Última hora

EUA excluem Assad de qualquer solução política para o conflito na Síria

Em leitura:

EUA excluem Assad de qualquer solução política para o conflito na Síria

Tamanho do texto Aa Aa

John Kerry, insistiu esta quinta-feira no afastamento do presidente sírio, Bashar al-Assad, como parte de qualquer solução política para o conflito na Síria.

Em Roma, o secretário de Estado norte-americano falou à comunicação após um encontro com o seu homólogo jordano, Nasser Judeh.

“O ministro dos Negócios Estrangeiros irá trabalhar connosco para tentar sentar à mesa todas as partes para formar um governo de transição por acordo de todas as partes, o que, na nossa perspetiva, significa que o presidente Assad não integrará esse governo de transição”, afirmou o secretário de Estado norte-americano.

Kerry anunciou também uma nova ajuda humanitária dos Estados Unidos para os refugiados sírios no valor de 100 milhões de dólares, metade da qual será dada à Jordânia.

“Atualmente 10% da nossa população é constituída por refugiados sírios. Prevê-se que perante o atual quadro seja de 20 a 25% no final do ano e possivelmente 40% em meados de 2014”, sublinhou Nasser Judeh.

Diariamente chegam à Jordânia cerca de 2.000 refugiados. Na totalidade o país acolhe cerca de 525.000 refugiados sírios.
Desde o início do conflito, os Estados Unidos anunciaram um total de 510 milhões de dólares de ajuda ao povo sírio e de 250 milhões de ajuda direta aos rebeldes que combatem o regime de Assad.