Última hora

Última hora

Washington acredita ter "provas" que o regime sírio utilizou armas químicas

Em leitura:

Washington acredita ter "provas" que o regime sírio utilizou armas químicas

Tamanho do texto Aa Aa

Alinham-se os argumentos em torno de uma alegada violação da “linha vermelha” que pode justificar uma intervenção militar americana na Síria: Washington acredita ter “provas concretas” que o regime de Bashar al-Assad tem utilizado armas químicas no conflito. A afirmação é do chefe da diplomacia norte-americana, John Kerry.

Aliado regional dos Estados Unidos, a Turquia começou a recolher amostras de sangue de refugiados sírios em busca de uma prova irrefutável do recurso a armas químicas por parte do regime de Assad. O ministro dos Negócios Estrangeiros turco, Ahmet Davutoglu, declarou claramente que “o regime sírio tem os estoques e a capacidade” de utilizar armas químicas, afirmações que reforçam a ideia expressa pelo primeiro-ministro turco, Recep Tayyip Erdogan, para quem o regime sírio ultrapassou “há muito tempo a linha vermelha”, ou seja, recorreu a armas químicas, algo que Barack Obama declarou poder justificar uma ação militar contra Damasco.