Última hora

Última hora

Hospedeira loira barbuda chamada Richard Branson

Em leitura:

Hospedeira loira barbuda chamada Richard Branson

Tamanho do texto Aa Aa

Um voo de Perth, na Austrália, para Kuala Kumpur, na Malásia, com uma hospedeira barbuda mas depilada. O magnata Richard Branson, antigo proprietário da Virgin Racing, prometeu e cumpriu a aposta com o amigo e dono da Air Asia, o malaio, Tony Fernandes, que era dono da equipa de fórmula 1, Lotus.

Os dois apostaram que o último a cortar a meta no Grande Prémio de Abu Dhabi em 2010 teria que se vestir de hospedeira. E assim foi, o fundador e presidente da Virgin, que está a um passo de criar uma empresa de viagens turísticas para o espaço, perdeu e agora ficou a conhecer de perto o que é ser hospedeira.

“Estamos a divertir-nos. Acho que honrei a minha parte da aposta. Estou também muito satisfeito pelo facto do Tony ter concordado em ir até ao espaço. Além disso, conseguimos angariar dinheiro para caridade, foi bom”, declarou Branson com baton vermelho, pestanas longas e um vestido vermelho.

A Air Asia acredita que a venda de bilhetes para o voo terá rendido 200 mil dólares que vão reverter a favor da Fundação Starlight, que ajuda crianças doentes e as suas famílias.