Última hora

Última hora

Ancara quer que comunidade internacional assuma posição contra Damasco após atentado

Em leitura:

Ancara quer que comunidade internacional assuma posição contra Damasco após atentado

Tamanho do texto Aa Aa

A Turquia diz que a comunidade internacional deve agir contra o regime sírio depois do duplo atentado que fez 46 mortos e uma centena de feridos na localidade fronteiriça de Reyhanli.

As autoridades detiveram nove suspeitos. Embora sejam todos de nacionalidade turca, Ancara diz que têm ligações com os serviços secretos sírios, apesar de Damasco negar qualquer envolvimento no mortífero ataque.

O chefe da diplomacia turca disse que “a investigação mostrou que a organização terrorista marxista [responsável pelo ataque] tem ligações diretas com o regime [sírio]. A Turquia apela à comunidade internacional para parar a atitude agressiva deste regime e assumir uma posição clara contra as suas ações provocadoras”.

O duplo atentado em Reyhanli, o mais mortífero dos últimos anos na Turquia, motivou uma manifestação numa localidade vizinha contra a falta de segurança na província fronteiriça de Hatai, que acolheu grande parte dos quase 400.000 refugiados sírios em solo turco.