Última hora

Última hora

Paquistão: oposição denuncia fraudes nas legislativas de sábado

Em leitura:

Paquistão: oposição denuncia fraudes nas legislativas de sábado

Tamanho do texto Aa Aa

O Paquistão aguarda ainda pelos resultados definitivos das eleições de sábado, mas a futura oposição fala já de fraude eleitoral.

Dezenas de apoiantes do segundo homem do escrutínio, o ex-jogador de cricket Imran Khan, manifestaram-se em Lahore para exigir a convocação de um novo sufrágio.

Uma apoiante do partido do movimento para a justiça afirma:

“Estas eleições não foram justas, nem transparentes. Exigimos uma nova eleição. Uma nova contagem dos votos não vai resolver o problema pois os boletins de voto fraudulentos já foram admitidos no escrutínio”.

O movimento de protesto vai de encontro às denúncias da comissão de Direitos Humanos paquistanesa que evoca várias irregularidades no sufrágio, que parece dar uma larga vantagem ao ex-primeiro-ministro Nawaz Sharif, da Liga Muçulmana do Paquistão.

Segundo os resultados provisórios, Sharif deverá recolher 130 lugares no parlamento, estando agora a tentar obter o apoio de independentes para controlar os 137 lugares que asseguram a maioria.

Sharif já afirmou que a luta contra os Talibãs e a recuperação da economia do país serão as principais prioridades do próximo governo.

A Comissão Europeia saudou hoje o resultado das eleições de sábado, com uma participação recorde de mais de 60%, segundo os primeiros resultados.