Última hora

Última hora

Alemanha: Trabalhadores da Amazon em greve

Em leitura:

Alemanha: Trabalhadores da Amazon em greve

Tamanho do texto Aa Aa

Os trabalhadores da Amazon na Alemanha cumprem, esta terça-feira, um dia de greve, em dois centros logísticos da empresa.

Exigem que o gigante americano da venda e distribuição online assine a convenção coletiva de trabalho para o setor do comércio de retalho.

Por enquanto, as conversações não deram frutos. Os trabalhadores insistem:
“Há muitas razões para esta greve. Trata-se de melhorar as nossas condições de trabalho. Os nossos salários não correspondem às funções que desempenhamos. Contribuímos muito para criar isto e recebemos muito pouco”.

Um representante sindical diz esperar que o braço-de-ferro com a Amazon vá durar algum tempo porque a empresa não se mostra disponível para negociar e os trabalhadores estão a preparar-se para uma greve ilimitada.

A Amazon tem sete centros de distribuição na Alemanha e emprega cerca de nove mil pessoas.

O conflito pode prolongar-se. Há alguns dias, o patrão do grupo na Alemanha, Ralf Kleber, confirmou na imprensa que “recusa categoricamente assinar o acordo coletivo”.