Última hora

Última hora

Espião americano detido em Moscovo

Em leitura:

Espião americano detido em Moscovo

Tamanho do texto Aa Aa

Os serviços secretos russos detiveram, na noite passada, um susposto agente da CIA, Ryan C. Fogle, que alegadamente tentava corromper um cidadão russo.

O embaixador americano em Moscovo foi convocado ao ministério russo dos Negócios Estrangeiros para explicações sobre o caso.
O agente já teve ordem de expulsão para os Estados Unidos.

O FSB divulgou imagens da detenção e de todo o equipamento e notas de euros encontrados durante a operação.

O canal Russia Today divulgou uma suposta carta enviada ao cidadão russo, com uma proposta de pagamento de 100 mil dólares e um contrato a longo prazo de um milhão de dólares por ano.

Os Estados Unidos ainda não reagiram.
As relações entre os dois países voltaram a arrefecer com o início do terceiro mandato presidencial de Vladimir Putin.

O último escândalo de espionagem entre Moscovo e Washinton remonta a 2010, quando dez agentes russos adormecidos foram detidos nos Estados Unidos e expulsos para a Rússia.