Última hora

Última hora

O diagnóstico da OCDE para Portugal

Em leitura:

O diagnóstico da OCDE para Portugal

Tamanho do texto Aa Aa

Portugal precisa de implementar mais reformas para fomentar o crescimento e a competitividade. A Organização para Cooperação e Desenvolvimento Económico (OCDE), no relatório apresentado na sede da organização em Paris, sugere o aumento dos impostos ambientais, sobre o imobiliário e do IVA, contra uma redução da carga fiscal para empresas e sobre o trabalho e a proteção dos apoios sociais.

Segundo o correspondente da euronews, Giovanni Magi, “a OCDE incentiva Portugal a continuar e é otimista. Otimismo que os portugueses precisam face à crise”.

Interrogado sobre o impacto das novas medidas de austeridade, Pedro Passos Coelho respondeu: “O programa, que agora apresentamos e que está em discussão com os parceiros sociais, não é um plano de austeridade no sentido que caracterizou, na medida em que não implica, fora do Estado, fora da esfera pública, consequências diretas para os cidadãos”.

A OCDE estima que as já medidas implementadas vão fazer aumentar o PIB em 3,5% em 2020, mas aconselha o governo a evitar os cortes de despesa ao nível dos apoios sociais, para não pôr em causa a coesão social.