Última hora

Última hora

Procuradoria de Milão pede seis anos de prisão e inelegibilidade vitalícia para Berlusconi

Em leitura:

Procuradoria de Milão pede seis anos de prisão e inelegibilidade vitalícia para Berlusconi

Tamanho do texto Aa Aa

Seis anos de prisão para Silvio Berlusconi e a interdição vitalícia de exercer cargos públicos. É o que pede a procuradoria de Milão para o ex-primeiro-ministro italiano, acusado de manter relações sexuais com uma menor e de abuso de poder, no famoso caso Rubygate.

O veredicto será conhecido a 24 de Junho. Para a acusação, “não há dúvidas” de que a jovem marroquina Karima El Marough, conhecida como Ruby, recebeu do magnata dos media dinheiro em troca de sexo.

Anna Maria Bernini, deputada do partido de Berlusconi, diz que “os argumentos finais da procuradoria são surrealistas e assentam na destruição das provas da inocência”.

Massimo D’Alema, do Partido Democrático, afirma que “o destino do governo não deve depender de veredictos, até porque estarão por vir talvez outros”.

Berlusconi enfrenta a nova pena poucos dias depois do tribunal de recurso de Milão confirmar outra de quatro anos de prisão e cinco de inelegibilidade num caso de fraude fiscal. A procuradoria de Nápoles também quer julgar o ex-primeiro-ministro, num outro caso de pagamentos de favores políticos.