Última hora

Última hora

Rússia detém diretor do banco Rosbank por corrupção

Em leitura:

Rússia detém diretor do banco Rosbank por corrupção

Tamanho do texto Aa Aa

A filial russa de um banco francês é uma das primeiras empresas a ser visada pela luta contra a corrupção lançada recentemente pelo presidente Vladimir Putin.

A polícia deteve, esta quarta-feira, o diretor-geral do Banco Rosbank, acusado de fuga ao fisco e corrupção, numa operação altamente mediatizada.

O ministério do Interior russo, que divulgou estas imagens, afirma ter surpreendido Vladimir Goloubkov, no momento em que se preparava para receber 123 mil euros de “luvas” de um empresário para facilitar um empréstimo.

Algumas fontes não descartam a possibilidade da ação se tratar de uma “armadilha” montada por um concorrente, uma situação habitual no país.

A detenção aumenta o nervosismo entre as empresas estrangeiras baseadas na Rússia, depois de Vladimir Putin ter prometido combater a corrupção para defender os interesses nacionais.

O banco Rosbank, filial do banco francês Sociétè Generale é atualmente o nono banco comercial do país e um sério concorrente aos dois maiores bancos públicos russos, o Sberbank e o VTB.