Última hora

Última hora

Japão cresceu 3,5% no primeiro trimestre

Em leitura:

Japão cresceu 3,5% no primeiro trimestre

Tamanho do texto Aa Aa

A economia japonesa acelerou nos primeiros três meses do ano, após um crescimento moderado no final de 2012, que pôs fim a seis meses de contração.

No primeiro trimestre, o PIB nipónico cresceu 3,5%, em termos anuais. Os dados superam as previsões dos economistas, graças ao aumento do investimento público e do consumo privado. Os japoneses gastaram mais 0,9%, face ao trimestre precedente.

É o resultado da confiança criada pelo vasto programa de estímulos do governo de Shinzo Abe e do Banco do Japão, para pôr fim a mais de uma década de deflação. A euforia já se tinha refletido no mercado.

Este ano, o iene desvalorizou mais de 20% face ao dólar e ao euro e a bolsa de Tóquio já ganhou 45%, atingindo níveis de 2007.

Mas, o analista Takuli Okubo, defende que “os dados mostram que metade do crescimento veio do investimento público, tais como obras públicas ou despesas do governo, e isso continua a ser preocupante. A economia japonesa ainda não é autosustentável”.

Entre janeiro e março, o investimento empresarial recuou 0,7%, pelo quinto trimestre consecutivo, mas a desvalorização do iene tem sido favorável às empresas. Os produtos nipónicos são mais competitivos a nível internacional e aumentam as receitas realizadas pelas empresas nipónicas no exterior.

O setor das exportações, que representa 40% do PIB, registou uma subida de 3,8% face ao último trimestre de 2012.