Última hora

Última hora

Um certo olhar sobre Adolfo Alix Jr

Em leitura:

Um certo olhar sobre Adolfo Alix Jr

Tamanho do texto Aa Aa

Death March, do realizador filipino Adolfo Alix Jr, é um retrato a preto e branco de um episódio da Segunda Guerra Mundial, em competição no Festival de Cannes, na categoria Un Certain Regard.

Cerca de 70 mil americanos e filipinos, prisioneiros do exército imperial japonês, foram forçados a marchar mais de cem quilómetros em cinco dias na região de Bataan. A fome, a doença e a exaustão mataram milhares de cativos, assim como a brutalidade dos captores, de acordo com relatos de sobreviventes.

“Eles marcharam durante cinco dias até ao Camp O’Donnel antes de embarcarem num comboio. Os soldados estavam doentes, sobretudo com paludismo, alguns sofriam de alucinações. Trata-se de uma história com muitos personagens” – explica Adolfo Alix Jr, para quem – “É importante conseguir trazer um filme a um bom festival, tudo o mais é um bónus. Para nós, o mais importante agora é mostrar que há um movimento que vem das Filipinas. Nos últimos seis anos saíram muitos filmes filipinos que foram apresentados em diferentes festivais e que conseguiram muitas boas críticas.”

Adolfo Alix Jr é um dos mais promissores talentos asiáticos. O cineasta nascido em 1978 já assinou duas dezenas de trabalhos enquanto realizador.