Última hora

Última hora

"Europe Weekly": Ajuda ao Mali e evasão fiscal em destaque

Em leitura:

"Europe Weekly": Ajuda ao Mali e evasão fiscal em destaque

Tamanho do texto Aa Aa

Esta semana foi marcada pela mobilização da comunidade internacional para reconstruir o Mali, numa conferência em Bruxelas organizada pela presidência da França e pela Comissão Europeia.

Embora a situação em Kidal, no norte, ainda não esteja normalizada, a conferência reuniu doadores que prometeram ao país mais de três mil milhões de euros. Uma verba que representa 3/4 do financiamento do plano para a recuperação sustentável do país.

Outro tema em destaque nesta edição do Europe Weekly é a evasão fiscal. O Presidente do Conselho Europeu, Herman van Rompuy, convocou uma cimeira especial sobre a evasão fiscal, que se estima em um bilião de euros, por ano, no total dos 27 países da UE.

A Itália ocupa o primeiro lugar neste pódio e para debater o tema em maior profundidade a correspondente da euronews, Margherita Sforza, falou com o líder da confederação da indústria italiana, Giorgio Squinzi.

“Penso que o melhor a fazer é encorajar a transparência, através de regras de fiscalidade simples e claras e, especificamente, recorrendo a estímulos que beneficiem claramente os contribuintes”, explicou Squinzi quando confrontado com a cifra de 180 mil milhões de euros de evasão fiscal em Itália, o valor mais alto da UE.