Última hora

Última hora

Antigo silo nuclear soviético torna-se museu

Em leitura:

Antigo silo nuclear soviético torna-se museu

Tamanho do texto Aa Aa

A porta de um antigo silo nuclear secreto prepara-se para abrir ao público em forma de museu. As instalações serviram a União Soviética na floresta boémia da antiga Checoslováquia e foram mandadas construir por Nikita Khrushchev nos anos 1960.

O presidente da Fundação Cortina de Ferro explica a importância atual deste antigo silo. “Na altura havia apenas 12 locais destes na Europa de Leste e o único que ainda existe para as futuras gerações se lembrarem é este, aqui em Misov, na República Checa”, diz Vaclav Votovec.

O abrigo tinha capacidade para armazenar 80 ogivas nucleares e era altamente secreto.“Nós sabíamos que havia aqui uma base, um quartel, mas quase ninguém suspeitava existirem ogivas nucleares. Todos sabíamos que havia transportes noturnos mas penso que nem os nossos altos representantes sabiam das ogivas”, refere um cidadão local.

Agora, o silo vai perpetuar em forma de museu a histórica época da corrida às armas entre União Soviética e Estados Unidos.