Última hora

Última hora

Hóquei em gelo: Suécia e Suíça discutem final do Campeonato do Mundo

Em leitura:

Hóquei em gelo: Suécia e Suíça discutem final do Campeonato do Mundo

Tamanho do texto Aa Aa

A Suécia garantiu um lugar na final do Campeonato do Mundo de hóquei em gelo com uma vitória frente à Finlândia por três golos sem resposta.

A partida de Estocolmo entre os dois organizadores do mundial foi completamente dominada pela equipa da casa, graças sobretudo a dois jogadores: Henrik Sedin e Loui Eriksson.

O primeiro assistiu Eriksson para os dois primeiros golos suecos, invertendo-se os papéis para o terceiro. Sedin atirou para a baliza deserta para estabelecer o resultado final numa altura em que a Finlândia já tinha trocado o guarda-redes por um jogador de campo e tentava o tudo por tudo.

A Suécia vingou assim a goleada por seis a um sofrida na final do Campeonato do Mundo de 2011 para os seus rivais. Este domingo contará com o fator casa para tentar vencer o primeiro título mundial desde 2006.

Na final os suecos irão medir forças com a Suíça, verdadeira revelação do torneio e única equipa que conta por vitórias os nove desafios efetuados. A última vítima dos helvéticos foi a equipa dos Estados Unidos que apesar de teoricamente favorita acabou derrotada, também por três a zero.

Nino Niederreiter abriu o ativo no segundo período, Julien Walker e Reto Suri desfizeram quaisquer dúvidas que ainda pudessem existir no terceiro.

A Suíça persegue o primeiro título mundial da sua história, a última vez que esteve presente no encontro decisivo foi em 1935, quando deixou a medalha de ouro escapar para o Canadá.