Última hora

Última hora

Tensão volta à Tunísia

Em leitura:

Tensão volta à Tunísia

Tamanho do texto Aa Aa

Após a decisão do governo em proibir o Congresso do movimento salafista Ansar Al-Sharia marcado para este domingo, em Kairouan, os confrontos eclodiram com as forças da ordem.

Em Ettadhamen cidade nos subúrbios ocidentais de Tunis, os líderes do partido exortaram os apoiantes exigirem saber porque não podiam deslocar-se a Kairouan a cerca de 150 km ao sul da capital.

Para protestar conta a proibição de manifestação, centenas de salafistas ergueram barricadas com queima de pneus nas ruas do bairro e atiraram pedras contra a policia que tentava dispersá-los com fogo de gás lacrimogéneo.

Segundo a versão oficial o governo da Tunísia reconheceu, no início de maio, a presença de grupos armados da Al-Qaeda em seu território e decidiu na sexta-feira proibir o encontro anual de Ansar al-Sharia (“Partidários da Sharia”) “devido a uma violação da lei e da ameaça que representa para a segurança ea ordem pública.