Última hora

Em leitura:

China enfrenta piores cheias das últimas décadas


China

China enfrenta piores cheias das últimas décadas

As chuvas torrenciais que atingem o sul da China nas últimas semanas, provocaram mais de meia centena de mortos, afetando mais de um milhão e meio de pessoas.

As províncias de Guangdong e Fujian são as mais afetadas, quando a subida das águas atingiu os dois metros de altura em algumas povoações depois da ruptura de dois diques, na quinta-feira.

Na cidade de Longyang, na região de Wuping, o exército foi obrigado a intervir para resgatar mais de 500 habitantes isolados pelas águas.

As autoridades tinham emitido ontem um alerta azul, o mais baixo de quatro níveis, para o risco de cheias em 21 províncias, na sequência dos ventos fortes e chuvas torrenciais dos últimos dias.

Segundo as autoridades a intempérie considerada a pior das últimas décadas, teria destruído cerca de 2.657 habitações, deixando quase um milhão de pessoas sem casa.

As cheias do ano passado, que tinham atingido a mesma região, tinham provocado a morte de mais de 700 pessoas.

Há pontos de vista diferentes para cada história: a Euronews conta com jornalistas do mundo inteiro para oferecer uma perspetiva local num contexto global. Conheça a atualidade tal como as outras línguas do nosso canal a apresentam.

Artigo seguinte

mundo

China e Índia reforçam laços comerciais durante visita de Li Keqiang