Última hora

Em leitura:

Cimeira Europeia: Líderes europeus reunidos para debater combate à fraude e evasão fiscal


Bélgica

Cimeira Europeia: Líderes europeus reunidos para debater combate à fraude e evasão fiscal

Na agenda original estava a discussão da política energética, mas a Cimeira Europeia de hoje serve, sobretudo, para discutir o combate à evasão fiscal. A questão tornou-se ainda mais urgente depois da divulgação de vários casos no Reino Unido, França e Estados Unidos.

E para travar o que chamam de “assaltos aos dinheiros públicos” e conseguir arrecadar milhões de euros, os 27 querem reforçar os mecanismos de troca de informação e transparência entre países, que permitam combater a fraude e a fuga aos impostos.
À entrada para esta cimeira, a chanceler alemã, Angela Merkel lembrou que “pelo menos haverá troca de informação sobre os impostos dentro da União Europeia, para depois se avançar com negociações com países terceiros. É um grande passo.”

Também à chegada a este encontro de chefes de Estado e de governo, o presidente francês, François Hollande defendeu que “quando há défices a resolver, quando é necessária receita fiscal, é melhor procurar a que está dissimulada que pedir mais aos que já pagam impostos. É ao mesmo tempo um princípio de justiça e boa gestão. Quem não paga impostos deve pagá-los.”

Em Portugal, a fuga aos impostos faz com que os cofres do Estado deixem de ganhar mais de 12 mil milhões de euros por ano. O mesmo montante que o país recebeu da troika para ajudar a banca.

Há pontos de vista diferentes para cada história: a Euronews conta com jornalistas do mundo inteiro para oferecer uma perspetiva local num contexto global. Conheça a atualidade tal como as outras línguas do nosso canal a apresentam.

tradução automática

Artigo seguinte

mundo

O "modelo sueco" abalado por terceiro dia de distúrbios em Estocolmo