Última hora

Última hora

Microsoft relança competição nos videojogos

Em leitura:

Microsoft relança competição nos videojogos

Tamanho do texto Aa Aa

Chama-se Xbox One e é com ela que a Microsoft quer relançar a concorrência no setor dos videojogos.

Trata-se da primeira consola do gigante informático em oito anos. Tem comando vocal e facial, permitirá o acesso a uma vasta plataforma online com conteúdos exclusivos e maior ligação entre aparelhos. O objetivo é trazer de novo o divertimento para a sala de estar, mostrando que experiência de jogo é muito melhor do que nos aparelhos móveis, ou seja, nos telemóveis e tabletes

O analista Jim Yin defende que a Microsoft “está na dianteira para trazer esta consola para os jogadores principais, mas também para o mercado de massa. E isso é o mais importante, porque para a indústria crescer é preciso atrair novos utilizadores, expandir-se para lá dos existentes”.

A Microsoft espera superar o sucesso da Xbox 360, da qual vendeu setenta e seis milhões de unidades. Foi superada pela Wii da Nintendo, que atingiu os 100 milhões, enquanto a Sony escoou 70 milhões de PlayStation 3.

Com sensor Kinect de origem, a Xbox One deverá chegar ao mercado a tempo das prendas de Natal. Mas a concorrência será rude, com o futuro lançamento da PlayStation 4, pela Sony, e da nova Wii da Nintendo.

O mercado dos videojogos, incluindo “smartphones” e tabletes, gerou no ano passado quase 79 mil milhões de dólares.