Última hora

Última hora

Amnistia Internacional pede mais à comunidade internacional

Em leitura:

Amnistia Internacional pede mais à comunidade internacional

Tamanho do texto Aa Aa

O mundo está a tornar-se cada vez mais perigoso para refugiados e migrantes. Quem o afirma é a Amnistia Internacional no seu relatório anual sobre direitos humanos, lançado em Paris esta quarta-feira.

Genevieve Garrigos, presidente da AI, aponta o dedo à comunidade internacional.

“É preciso mais responsabilidade por parte da comunidade internacional. Temos o direito de questionar qual é o conceito de soberania que faz mais por proteger os governos que violam os direitos humanos quando essa mesma soberania devia ser a de proteger os direitos dos seus cidadãos, dos que habitam os seus territórios”, diz.

O relatório da Amnistia Internacional sublinha que a situação na Síria piorou com a comunidade internacional de braços cruzados perante o massacre de pessoas.