Última hora

Última hora

Wall Street negativa com investidores inquietos com FED e China

Em leitura:

Wall Street negativa com investidores inquietos com FED e China

Tamanho do texto Aa Aa

Wall Street iniciou a sessão em negativo, seguindo a tendência das congéneres europeias e asiáticas, face à contração do setor industrial chinês, os fracos dados da zona euro e, sobretudo, os receios de que abrande o programa de estímulos da Reserva Federal (FED) norte-americana.

Após a queda do dia anterior, o Nasdaq iniciou a sessão a ceder mais de 1%, antes de recuperar muito ligeiramente. Já o Dow Jones, que começou quase inalterado, acentuou a queda nos primeiros minutos de cotação.

Os investidores avaliam a situação privilegiando os valores refúgio como as obrigações alemãs, o ouro ou a moeda japonesa.

Na Europa, a tendência de queda das bolsas acentuou-se com a abertura de Nova Iorque. A meio da tarde, Moscovo cedia mais de 4%, Londres superava os 2%, Frankfurt e Milão aproximavam-se dos 3%. Lisboa cedia 1,4%.

As matérias-primas recuam, a começar pelo petróleo que cai mais de 1% em Londres e Nova Iorque. O barril de Brent valia, a meio da tarde, 101 dólares.

O euro sobe ligeiramente num 1,29 dólares.