Última hora

Última hora

Cannes: Um certo olhar na Palestina

Em leitura:

Cannes: Um certo olhar na Palestina

Tamanho do texto Aa Aa

No Festival de Cinema de Cannes na seção “Un Certain Regard” muitas vezes aparecem algumas joias cinematográficas fora do habitual. O realizador Hany Abu-Assad espera que o seu filme “Omar” ganhe as honras para a Palestina. Uma obra que combina política e romance.

Adam Bakri, ator: “O fato de que é uma história internacional, que acontece na Cisjordânia, mas esse pormenor nem sequer é mencionado no filme. Então, toda a gente se pode se identificar com ele. Todos se podem envolver. Acho que tem uma forte mensagem política, mas está encoberta, não é simples, acho que é essa a genialidade do filme.”

Para o realizador Hany Abu-Assad o tema central do filme é o amor.

Hany Abu-Assad, realizador: “O amor, não conheço ninguém neste mundo que não tenha tido a experiência de estar loucamente apaixonado por alguém. Eu também. E fico sempre fascinado pela forma como as pessoas se perdem neste assunto e se tornam inseguras. A insegurança é a razão pela qual as pessoas estão apaixonadas, e o motivo porque este amor acaba muito mal.”

Em 2006, o filme de Abu-Assad “Paradise Now” ganhou o Globo de Ouro para melhor filme estrangeiro e recebeu uma nomeação para os Óscares na mesma categoria. As esperanças recaem agora em “Omar”.