Última hora

Última hora

Bávaros são os novos reis do futebol europeu

Em leitura:

Bávaros são os novos reis do futebol europeu

Tamanho do texto Aa Aa

O Bayern de Munique venceu o troféu mais desejado do futebol europeu pela quinta vez na sua história depois de vencer o Borussia Dortmund por duas bolas a uma no Estádio de Wembley.

Arjen Robben foi o herói para os bávaros mas podia muito bem ter sido o vilão. No primeiro tempo esteve bastante perdulário, em boa parte devido ao menor talento do seu pé direito.

Redimiu-se no segundo tempo. À passagem da hora de jogo fugiu pela esquerda e assistiu Mario Mandžukić para o primeiro golo da partida. O croata só teve de encostar.

A vantagem do Bayern durou apenas oito minutos. Marco Reus foi carregado na área dos bávaros num penálti perfeitamente infantil do brasileiro Dante. İlkay Gündoğan não teve problemas para igualar a partida, bola para um lado, Manuel Neuer para o outro.

Quando já cheirava a prolongamento, Arjen Robben voltou a aparecer na partida. Após uma bola longa, Franck Ribéry deu para o holandês de calcanhar. Robben usou o seu maravilhoso pé esquerdo para passar por Mats Hummels e picar sobre Roman Weidenfeller, a bola só parou no fundo das redes.

Já não restou tempo ao Borussia para reagir. O Bayern venceu a Liga dos Campeões numa temporada praticamente perfeita, batendo recordes atrás de recordes.

Jupp Heynckes foi o responsável pelo sucesso, tornando-se no quarto treinador a vencer a Liga dos Campeões ao comando de duas equipas diferentes. O alemão juntou o seu nome a Ernst Happel, Ottmar Hitzfeld e José Mourinho.

Curiosamente, tal como aconteceu quando venceu o título europeu ao serviço do Real Madrid em 1998, o destino de Heynckes é o desemprego. Irá dar o lugar a Pep Guardiola, o espanhol tem pela frente a missão quase impossível de fazer melhor.