Última hora

Última hora

Hezbollah admite participação no conflito sírio

Em leitura:

Hezbollah admite participação no conflito sírio

Tamanho do texto Aa Aa

O líder do Hezbollah, Hassan Nasrallah, admitiu pela primeira vez que o grupo está a participar ativamente na guerra civil na Síria, ao lado do governo de Bashar el-Assad.

O líder do movimento islâmico falou por videoconferência, a partir de um lugar secreto, na festa do Hezbollah para celebrar os 13 anos da retirada de Israel do Líbano.

Nasrallah garante que, se a guerra continua, não é por culpa de Assad: “Testemunho que a atual liderança Síria aceitou sempre sentar-se à mesa das negociações para tentar encontrar uma solução política. Aceitou implementar grandes reformas no regime mas, até agora, a oposição sempre recusou dialogar”

A participação do Hezbollah na batalha de Quasair ameaça fazer com que o conflito na Síria se arraste ao Líbano.

Os rebeldes estão cercados nesta área, que as tropas governamentais querem tomar, para garantirem um corredor que ligue Damasco ao Mediterrâneo.