Última hora

Última hora

Eurogrupo quer dar mais um ano a Portugal

Em leitura:

Eurogrupo quer dar mais um ano a Portugal

Tamanho do texto Aa Aa

O Eurogrupo está pronto a dar a Portugal mais um ano para cumprir as metas do défice, mesmo se esse pedido ainda não foi feito oficialmente pelo governo português.

O presidente do grupo de ministros das Finanças da zona euro, Jeroen Dijsselbloem, esteve em Lisboa e deixou elogios à forma como o governo de Passos Coelho está a gerir a crise: “As metas do défice vão ser ajustadas, vamos dar mais um ano ao governo português. O governo está empenhado em trabalhar com os parceiros europeus, que por sua vez estão também empenhados em ajudar Portugal, sempre que necessário”.

As medidas de austeridade do governo português, impostas pela troika, estão a ter consequências visíveis na economia. Prevê-se para este ano um PIB em queda de 2,3%, um défice de 5,5% e uma dívida pública de 124%.

O ano suplementar para ajuste do défice não foi ainda pedido pelo governo, mas o ministro das Finanças, Vítor Gaspar, diz que essa hipótese não está excluída.

Portugal tinha prometido baixar o défice orçamental para os 4,5% ainda este ano. Apesar dos elogios, Dijsselbloem disse que o desempenho da economia portuguesa ficou abaixo do previsto.