Última hora

Última hora

UE levanta embargo de armas à oposição síria

Em leitura:

UE levanta embargo de armas à oposição síria

Tamanho do texto Aa Aa

Os ministros dos Negócios Estrangeiros da União Europeia concordaram na segunda-feira, ao fim de 12 horas de negociações, levantar o embargo de armas aos rebeldes sírios.

No entanto, a União Europeia vai manter um pacote mais extenso de sanções contra o regime do presidente Bashar al-Assad. O prazo das atuais sanções expira à meia-noite de sexta-feira.

O ministro britânico congratulou-se com a decisão, já que o Reino Unido defende o fornecimento de armas à oposição síria como forma de auxílio.

“A decisão de hoje dá-nos flexibilidade para no futuro responder à deterioração da situação, caso o regime de Assad recuse negociar”, disse o chefe da diplomacia britânica.

Um grupo de países, encabeçado por Reino Unido e apoiado pela França, defendia o levantamento parcial do embargo de armas para auxiliar a oposição síria, enquanto um grupo maioritário, liderado pela Alemanha, era favorável a uma decisão cautelosa que não comprometesse uma eventual solução política a ser discutida em junho na conferência internacional Genebra 2.

“A partir de de 1 de agosto de 2013 a Europa poderá fornecer armas à oposição síria, caso não surja algo de positivo na próxima conferência de Genebra”, sublinhou Charles Salamé, da Euronews, em Bruxelas.