Última hora

Última hora

Autoestrada da Transilvânia: As obras de Santa Engrácia na Roménia

Em leitura:

Autoestrada da Transilvânia: As obras de Santa Engrácia na Roménia

Tamanho do texto Aa Aa

As obras de Santa Engrácia, versão romena. Quase uma década para construir 52 km da chamada autoestrada da Transilvânia. O governo de Bucareste cancelou o contrato de construção com a norte-americana Bechtel. O acordo, no valor de 2,2 mil milhões de euros foi assinado em 2003. A Bechtel devia concluir os 415 quilómetros de autoestrada em 2012 mas 52 km e 1,4 mil milhões de euros depois é o Estado romeno que ainda vai indemnizar a companhia em “30 milhões de euros mais IVA”, informou o primeiro-ministro. Victor Ponta considera que assim “fica aberto o caminho, sem obrigações, para planear o futuro da autoestrada da Transilvânia”.

A construção começou em 2004, mas os trabalhos foram suspensos temporariamente logo no ano seguinte após o contrato ter sido alterado. O acordo original será tornado público em breve. Só então poderão ser analisadas as suspeitas de corrupção neste negócio ruinoso para a Roménia que paga perto de 1,5 mil milhões de euros por 52 km de alcatrão.