Última hora

Última hora

Adolescentes ucranianas em perigo

Em leitura:

Adolescentes ucranianas em perigo

Tamanho do texto Aa Aa

No dia mundial da criança a UNICEF alerta para o drama de milhares de adolescentes ucranianas com idades entre os 11 e os 15 anos que vivem da prostituição.

O segundo flagelo é a doença. Uma grande parte das jovens prostitutas não dispõe de informação suficiente para se proteger do vírus da sida.

Em Kiev algumas falaram com a repórter da Euronews sobre as dificuldades que enfrentam. Nataliya tem 17 anos.

“Tenho uma amiga que trabalhou nesta área durante sete anos, ela disse-me que eu poderia fazer isso também. No começo eu não queria, mas depois realmente tinha que fazê-lo. Agora tenho dinheiro suficiente, posso ajudar a minha mãe. Ela não sabe o que eu faço. Ninguém entre os meus amigos sabe “

Para Yulia trata-se também de uma oportunidade para ganhar dinheiro

“Não são muitas as possibilidades de ganhar dinheiro na cidade. O que realmente me ajuda agora é que tenho alguém para pedir conselhos, para conversar e até mesmo seguir esses conselhos em determinadas situações. Mas uma das coisas mais importantes é que posso verificar o meu estado de saúde com mais regularidade e abrir-me com o psicólogo. “

Olena Sakovych, UNICEF

“Um dos maiores problemas é o extremo baixo nível de conhecimento e compreensão de como o HIV se transmite. E mesmo que as pessoas saibam elas ainda não consideram esse risco importante. “.

Com o apoio da Unicef um consultório ambulante tenta responder às questões mais básicas das jovens.