Última hora

Última hora

ONG diz que Exército sírio matou três ocidentais

Em leitura:

ONG diz que Exército sírio matou três ocidentais

Tamanho do texto Aa Aa

Três ocidentais, entre os quais uma norte-americana de um britânico – ambos muçulmanos -, foram mortos pelo Exército sírio no noroeste do país. A informação é avançada pelo Observatório Sírio dos Direitos Humanos, que explicou que morreram alvejados numa emboscada na região de Idlib e que estariam a ajudar a rebelião.

Na cidade de Qusair, fortemente bombardeada desde o dia 19, as forças do regime apoiadas por combatentes do Hezbollah libanês preparam-se para atacar o último foco de resistência.

O controlo de Qusair – onde, segundo os rebeldes, se encontravam pelo menos 20 mil civis no início da ofensiva – é essencial para garantir a ligação entre Damasco e a costa mediterrânica.

A oposição síria lançou um apelo “urgente” à comunidade internacional para salvar “mais de mil civis feridos” que se encontram bloqueados na cidade, nomeadamente através da criação de um corredor humanitário.

Os insurgentes de Ghouta, nos arredores de Damasco, também pediram assistência, afirmando que as forças leais a Bashar Al-Assad se “preparam para cometer outros massacres”.