Última hora

Última hora

Correspondente do jornal La Stampa desaparecido há dois meses na Síria

Em leitura:

Correspondente do jornal La Stampa desaparecido há dois meses na Síria

Correspondente do jornal La Stampa desaparecido há dois meses na Síria
Tamanho do texto Aa Aa

Sem notícias do correspondente na Síria, há quase dois meses, o jornal italiano La Stampa decidiu lançar um apelo internacional para tentar encontrar Domenico Quirico.

As filhas do jornalista gravaram este vídeo:

“Somos filhas de Domenico Quirico, o jornalista italiano e correspondente do jornal la Stampa, que desapareceu na Síria há 50 dias. Ele foi para lá para informar os italianos sobre o drama que afeta a Síria e o seu povo”.

“Pedimos a quem possa ter qualquer informação, que nos ajude a trazê-lo para casa. Quem quer que tenha alguma informação contacte, por favor, as autoridades italianas.
Pai, nós e a mamã esperamos por ti em casa, brevemente. Obrigada”.

Domenico Quirico é um experiente repórter de guerra. Esteve na Líbia assim como noutros terrenos de conflito.

As autoridades italianas sabem que entrou em território sírio, proveniente do Líbano, no dia 6 de abril e o último contacto que estabeleceu com o jornal La Stampa foi a 9 de abril.

A Síria tornou-se num dos locais mais perigosos do mundo para o exercício da profissão de jornalista. Foi o país onde morreram mais profissionais da informação em 2012.

Para além de Domenico Quirico, há outros jornalistas, de várias nacionalidades, desaparecidos no país.