Última hora

Última hora

Correspondente do jornal La Stampa desaparecido há dois meses na Síria

Em leitura:

Correspondente do jornal La Stampa desaparecido há dois meses na Síria

Tamanho do texto Aa Aa

Sem notícias do correspondente na Síria, há quase dois meses, o jornal italiano La Stampa decidiu lançar um apelo internacional para tentar encontrar Domenico Quirico.

As filhas do jornalista gravaram este vídeo:

“Somos filhas de Domenico Quirico, o jornalista italiano e correspondente do jornal la Stampa, que desapareceu na Síria há 50 dias. Ele foi para lá para informar os italianos sobre o drama que afeta a Síria e o seu povo”.

“Pedimos a quem possa ter qualquer informação, que nos ajude a trazê-lo para casa. Quem quer que tenha alguma informação contacte, por favor, as autoridades italianas.
Pai, nós e a mamã esperamos por ti em casa, brevemente. Obrigada”.

Domenico Quirico é um experiente repórter de guerra. Esteve na Líbia assim como noutros terrenos de conflito.

As autoridades italianas sabem que entrou em território sírio, proveniente do Líbano, no dia 6 de abril e o último contacto que estabeleceu com o jornal La Stampa foi a 9 de abril.

A Síria tornou-se num dos locais mais perigosos do mundo para o exercício da profissão de jornalista. Foi o país onde morreram mais profissionais da informação em 2012.

Para além de Domenico Quirico, há outros jornalistas, de várias nacionalidades, desaparecidos no país.