Última hora

Última hora

Manifestantes continuam a medir forças com a polícia nas ruas de Istambul

Em leitura:

Manifestantes continuam a medir forças com a polícia nas ruas de Istambul

Tamanho do texto Aa Aa

A praça Taksim e muitas outras ruas da cidade de Istambul mantiveram-se ocupadas por milhares de istambulitas durante o dia de domingo e, ao princípio da noite, a polícia voltou a usar canhões de água e gás lacrimogénio para dispersar a multidão.

Mas a determinação dos manifestantes parece inabalável. Apesar de afirmarem que não têm motivações de natureza política, os cidadãos que desencadearam o protesto não podem evitar o aproveitamento político.

“Estamos aqui desde o primeiro dia. Isto já não é a praça Taksim ou o parque Gezi. Isto é a praça Tahrir, isto é a praça Vermelha, isto é a Praça da Revolução”, afirma um membro da oposição.

Este domingo, milhares de pessoas começaram a concentrar-se junto à residência do primeiro-ministro, em Istambul, pedindo a sua demissão.

O protesto começou com centenas de pessoas no parque Gezi e conta já muitos milhares por toda a Istambul e nas principais cidades do país.

Começou por tentar impedir uma construção urbanística e tenta agora deitar abaixo o governo.