Última hora

Última hora

Turquia: Erdogan responde aos protestos com sarcasmo

Em leitura:

Turquia: Erdogan responde aos protestos com sarcasmo

Tamanho do texto Aa Aa

No meio da maior vaga de protestos de uma década de governo, o primeiro-ministro turco, Reccep Tayyip Erdogan, respondeu este domingo aos principais partidos da oposição que o acusam de se comportar como um ditador.

“Eles arrancaram as pedras da calçada e destuiram as montras das lojas. É isso a democracia? Dizem que Tayyip Erdogan é um ditador. Eu não tenho nada a dizer quando se chama ditador a uma pessoa que se comprometeu a servir o seu país…”

As palavras do chefe do governo foram proferidas na capital, Ankara, uma das cidades onde milhares de pessoas sairam à rua e afrontarama polícia.

As manifestações continuam este domingo sem a mesma tensão dos dois últimos dias.

Na sexta-feira e no sábado cerca de mil pessoas foram detidas em 90 manifestações por todo o país. O número de feridos ronda os dois mil.