Última hora

Última hora

República Checa, Alemanha e Áustria batem-se contra subida das águas

Em leitura:

República Checa, Alemanha e Áustria batem-se contra subida das águas

Tamanho do texto Aa Aa

As cheias que atingem o centro da Europa levaram a República Checa a declarar o estado de emergência, ao final de vários dias de chuvas torrenciais que provocaram pelo menos dois mortos no país.

Em Praga, o centro histórico da cidade encontra-se ameaçado pela subida das águas do rio Vltava que levou já as autoridades a deslocar centenas de habitantes das zonas ribeirinhas.

Depois de uma reunião de emergência, no domingo, o governo decidiu mobilizar mais dois mil soldados para construir barreiras que para impedir o avanço das águas.

Um hospital e um jardim zoológico de Praga foram igualmente evacuados durante o dia de ontem.

Em Passau, na região alemã da Baviera, o centro histórico da cidade, onde convergem três rios, encontra-se igualmente ameaçado pelas cheias, num momento em que os meteorologistas prevêem que a chuva continue a cair até terça-feira.

Em todo a Alemanha, as regiões do sul e do leste são as mais afetadas, depois da Baviera, Turíngia e Saxónia terem declarado o estado de calamidade pública.

Do outro lado da fronteira, a Áustria e a Suiça são igualmente atingidas pelas cheias que levaram ao encerramento de várias ligações ferroviárias e rodoviárias, como medida de precaução.

Pelo menos uma pessoa morreu em Pongau, nos arredores de Salzburgo, na sequência de um deslizamento de terras que levou as autoridades austríacas a evacuar a cidade vizinha de Ettenau.