Última hora

Última hora

Turquia: Claques de futebol unidas contra Erdogan

Em leitura:

Turquia: Claques de futebol unidas contra Erdogan

Tamanho do texto Aa Aa

Nas bancadas dos estádios de futebol, são adversários ferrenhos. Mas aqui, na noite de Istambul, estes adeptos do Galatasaray, do Fenerbahçe, do Besiktas ou Trabzon estão de braço dado, solidários com os restantes manifestantes.

Habituados aos confrontos com a polícia, os membros das claques futebolísticas explicam ao correspondente da euronews em Istambul, Bora Bayraktar, que, aqui, valores mais altos se levantam.

“Quando o assunto principal é a nação, tudo o resto são detalhes. Somos adversários no campo. Podemos perder ou ganhar taças, mas o estado da nação é o mais importante. Se não estivermos unidos hoje, quando é que o estaremos?!”, interroga-se um adepto do Fenerbahçe.

Sentimento partilhado por um adepto do Trabzon: “A nossa guerra é no terreno. Aqui, estamos a tentar demonstrar que, juntos, somos mais fortes. Queremos mostrar ao primeiro-ministro que ninguém consegue vencer-nos. Somos a nação turca.”

E em nome da nação turca, como milhares de outros manifestantes, também os adeptos de futebol gritam ‘slogans’ onde exigem a demissão do chefe do governo, Recep Tayyip Erdogan.